Material de Apoio - Gestão de Portais WCM - Conteúdo


GESTÃO DE PORTAIS WCM

Capítulo 1 - CONSTRUÇÃO DE PORTAIS

No cenário atual se faz muito necessário um canal de comunicação pelo qual a empresa pode estabelecer contato de diversas formas com seus colaboradores e clientes, permitindo assim otimizar sua comunicação e potencializar o engajamento de seus clientes, fornecedores e colaboradores.

# Intranet vs Extranet

Dois conceitos muito utilizados quando falamos de portais são Intranet e Extranet

// Intranet

Um portal de acesso interno com informações específicas para público interno, como datas de eventos internos, calendário de aniversariantes, mural de avisos, lista de ramais, cardápio de almoço e outros itens.

// Extranet

Um portal interno interligado a outros portais internos, como intranets interligadas.

Seja utilizando para intranets ou extranets, podemos construir portais e gerenciá-los de maneira simplificado através do recurso de WCM.

# O que é WCM?

Web Content Management, fornece liberdade para criar portais corporativos e transformá-los em espaços colaborativos. Para cada departamento, área ou assunto relevante, o WCM permite desenvolver portais utilizando interfaces personalizadas, com controle dos diferentes níveis de acesso a documentos e processos. Por meio dele, amplia-se o relacionamento com outras equipes, clientes, parceiros e fornecedores.

# Uma revolução nos portais da sua empresa

Falta de atualização, navegação confusa e dificuldade de acesso são motivos pelos quais portais corporativos ficam de lado na estratégia de uma empresa. Fluig oferece liberdade para criar intranet, extranet, portal de atendimento, portal de vendas, etc, com a flexibilidade que você precisa e oferecendo ao usuário final uma interface amigável e intuitiva.

# Autonomia garantida para criar e manter portais

Muitas das vezes, portais corporativos são criados e ficam perdidos no tempo sem manutenção pois exigem recursos técnicos que nem sempre estão disponíveis. Os portais do fluig são criados com layouts prontos e widgets (blocos de conteúdo personalizáveis), isso oferece a autonomia necessária para que os portais da sua empresa sejam utilizados de forma estratégica.

FALTA IMAGEM

# Digital Workplace na prática

Vivemos novos tempos, onde a experiência digital começa a ser exigida na vida profissional. Equipes remotas, home office, novos perfis profissionais demandam que as empresas se adaptem a essa realidade. A plataforma fluig foi criada para colocar em prática os conceitos do Digital Workplace: interface web, acesso mobile, multi-idioma, colaboração e gestão de conteúdo se fundem em portais criados com o WCM.

# Exercitando

FALTA FAZER

  1. Sabemos que o BPM é uma metodologia e por isso ele pode ser aplicado dentro do escopo organizacional a fim de otimizar e melhor a execução das atividades internas e externas. Porém quando automatizamos um processo BPM com apoio da tecnologia estamos falando de:
    1. (    ) BPMN
    2. (    ) BPMS
    3. (    ) BPMNS
    4. (    ) BPMM
  2. Todo processo é composto por uma estrutura que contém a entrada, a transformação e saída. Visto isso sobre processo podemos afirmar:
    1. Todo processo é finito, onde seu objetivo é estabelecer uma sequencias de passos lógicos para atingir um ou mais resultados esperados.
    2. O caminho por onde todo o fluxo de dados e informações trafegam entre as atividades e seus conectores, também é chamado de workflow.
    3. O BPMN é uma abordagem automatizada da metodologia BPM, no qual visa executar e monitorar todo o processo.
    1. (    ) apenas I está correta
    2. (    ) apenas II e III estão corretas
    3. (    ) apenas I e II estão corretas
    4. (    ) todas estão corretas
  3. Sobre o BPMN é correto afirmar:
    1. É utilizado como notação de modelagem de processos BPM, no qual visa maior padronização, clareza e objetividade sobre a estrutura do processo, de forma que analistas negócios, gerentes e outros envolvidos no processo saibam interpretar e compreender seu processo de execução.
    2. O BPMN é uma metodologia que visa padronizar a comunicação e documentação de processos BPM.
    3. O BMPN utiliza a estrutura de diagramas e componentes para representar de forma detalhada cada etapa do processo, através de conectores, atividades e eventos.
    1. (    ) apenas I está correta
    2. (    ) apenas II e III estão corretas
    3. (    ) apenas I e III estão corretas
    4. (    ) todas estão corretas

Capítulo 2 - ALTERANDO A IDENTIDADE VISUAL

Agora que já sabemos o conceito, vamos iniciar aprendendo como customizar a estrutura oferecida pelo fluig.

Primeiramente é importante saber que essas customizações devem ser realizadas por um usuário administrador e serão realizadas através da Guia WCM presente no Painel de Controle

# Alteração do Tema

Atualmente o fluig oferece duas opções para temas, dos quais oferecerão uma experiência de navegação totalmente diferente. O tema Snowflake é o mais recente, e por isso sua aparência é mais moderna e sua estrutura de navegação mais simplificada. Abaixo seguem outros pontos de distinção entre elas:

FALTA IMAGEM
// Customização do Tema

É possível realizar conforme a descrição apresentada na tabela acima, respeitando os tamanhos e formatos de arquivo indicados.

Saiba Maisadd
// Restauração de Tema

Uma vez alterado o tema é possível restaurar como descrito abaixo:

  1. Acionar Gerenciar Tema ao lado do tema desejado.
  2. Acionar Restaurar Tema.
  3. Acionar Confirmar.
Saiba Maisadd

# Exercitando

FALTA FAZER

  1. Sabemos que o BPM é uma metodologia e por isso ele pode ser aplicado dentro do escopo organizacional a fim de otimizar e melhor a execução das atividades internas e externas. Porém quando automatizamos um processo BPM com apoio da tecnologia estamos falando de:
    1. (    ) BPMN
    2. (    ) BPMS
    3. (    ) BPMNS
    4. (    ) BPMM
  2. Todo processo é composto por uma estrutura que contém a entrada, a transformação e saída. Visto isso sobre processo podemos afirmar:
    1. Todo processo é finito, onde seu objetivo é estabelecer uma sequencias de passos lógicos para atingir um ou mais resultados esperados.
    2. O caminho por onde todo o fluxo de dados e informações trafegam entre as atividades e seus conectores, também é chamado de workflow.
    3. O BPMN é uma abordagem automatizada da metodologia BPM, no qual visa executar e monitorar todo o processo.
    1. (    ) apenas I está correta
    2. (    ) apenas II e III estão corretas
    3. (    ) apenas I e II estão corretas
    4. (    ) todas estão corretas
  3. Sobre o BPMN é correto afirmar:
    1. É utilizado como notação de modelagem de processos BPM, no qual visa maior padronização, clareza e objetividade sobre a estrutura do processo, de forma que analistas negócios, gerentes e outros envolvidos no processo saibam interpretar e compreender seu processo de execução.
    2. O BPMN é uma metodologia que visa padronizar a comunicação e documentação de processos BPM.
    3. O BMPN utiliza a estrutura de diagramas e componentes para representar de forma detalhada cada etapa do processo, através de conectores, atividades e eventos.
    1. (    ) apenas I está correta
    2. (    ) apenas II e III estão corretas
    3. (    ) apenas I e III estão corretas
    4. (    ) todas estão corretas

Capítulo 3 - ESTRUTURA DE UMA PÁGINA

O fluig é constituído de páginas e essas possuem os seguintes elementos: Layout, Slots e Widgets.

Uma página é constituída de um layout, que por sua vez possui slots que definem o posicionamento e a disposição dentro do layout onde os widgets são inseridos. Toda página permite definir o modo de visualização como pública ou privada.

# Layouts

O layout define a composição de uma página. Um layout é composto por múltiplos slots, que são contêineres definidos e aptos a comportarem Widgets. A quantidade, posição e dimensão desses slots é o que define o corpo de um template.

Saiba Maisadd

# Slots

Slots são espaços pré-definidos dentro de um layout, que indicam o local da página onde é possível adicionar widgets. Sendo assim, o template é o esqueleto de uma página, definindo a distribuição dos Slots que comportam as Widgets.

# Widgets

Uma widget é um componente de interface com o usuário, responsável por montar o fragmento de uma página Web. Tecnicamente define-se como um aplicativo Web, empacotado em formato “war”. Para ser utilizado, o widget deve ser inserido em uma página pelo usuário. O fluig possui diversos widgets que podem ser utilizados para a composição de uma página criada pelo usuário.

Saiba Maisadd Veja Tambémadd falta imagem

# Exercitando

Então chegamos ao termino do segundo capitulo, e chegou a hora de treinar um pouco sobre os conceitos abordados.

  1. No fluig, possuímos 2 modalidades para trabalhar com processos. O fluig stuidio e o modelador web. Sabendo disso é podemos afirmar:
    1. O modelador web é uma ferramenta que permite a modelagem dos processos por meio da notação BPMN, alem disso o modelador te permite configurar todas as etapas do processo como também associar um formulário como entra de dados.
    2. O fluig Studio permite que você construa seus processos através da IDE do eclipse (ferramenta de desenvolvimento) juntamente com o plugin do fluig. A vantagem de sua utilização é poder contar com uma gama maior de elementos do BPMN 2.0 e uma flexibilidade para realizar customizações nos processos e seus respectivos eventos.
    3. Um dos recursos disponíveis na criação de processo é a criação de formulários, sendo possível na configuração do processo associar um formulário para cada atividade do workflow.
    1. (    ) apenas II e III estão corretas
    2. (    ) apenas I e III estão corretas
    3. (    ) apenas I e II estão corretas
    4. (    ) todas estão corretas

Capítulo 4 - PÁGINAS PERSONALIZADAS

No fluig além dos recursos já existentes, também podemos criar novas páginas para fins específicos. O detalhe é que isso pode ser feito sem uma linha de código.

# Criar Páginas

Por meio desse recurso é possível adicionar páginas no menu principal da plataforma, definir suas configurações e propriedades e personalizá-las, escolhendo seu layout e os widgets que as devem compor.

Ao criar uma nova página, ela entra automaticamente no modo Rascunho, não sendo necessário efetuar a ação de salvar um rascunho, pois as informações serão salvas automaticamente.

Quando uma página é publicada, uma versão dela é gerada. Posteriormente, depois da página passar por edições, é possível restaurar uma versão anterior à versão publicada.

Ao publicar uma página, se ela contém pelo menos um widget que foi configurado para ser exibido no aplicativo móvel, a página é habilitada para também ser exibida no aplicativo móvel. Nesse caso, ao editá-la, o campo "Habilitar página no aplicativo mobile" é exibido assinalado.

Para criar basta seguir os passos:

  1. No menu principal, acionar Painel de Controle.
  2. Acionar a guia WCM.
  3. Acionar Minhas Páginas.
  4. Acionar Adicionar.
  5. Selecionar o layout desejado para a nova página.

Após isso serão exibidas diversas opções adicionais para configuração da sua página, como:

// Páginas Públicas

Quando selecionada, determina que é possível acessar a página sem estar logado no sistema.

// Páginas Privadas (authenticated)

Quando selecionada, determina que apenas os usuários logados no sistema podem acessar a página.

// URL Personalizada

Possibilita uma URL personalizada e simplificada para acesso à página que está sendo criada, podendo ser no formato "http://dominio.com/pagina" ou "http://pagina.dominio.com" - no caso do último exemplo é necessário informar ao administrador do servidor de domínios para efetuar o devido redirecionamento.

Saiba Maisadd

# Visualizar Páginas

Para visualizar acesse:

  1. Selecionar a página no menu principal.
  2. Acessar a guia WCM.
  3. Acionar a opção Minhas Páginas.

É possível criar páginas personalizadas com as widgets que melhor atendem aos usuários. As páginas estarão disponíveis para visualização acionando-as no menu principal da plataforma e através de uma URL direta para a página respeitando as permissões de autenticação definidas na criação da página.

# Editar Páginas

Sempre bom lembrarmos que após qualquer edição em uma página será necessário Publicar Página. Para tal siga os passos abaixo.

Ao criar uma nova página, ela entra automaticamente no modo Rascunho, não sendo necessário efetuar a ação de salvar um rascunho, pois as informações serão salvas automaticamente.

// Publicar Página
  1. Após efetuar as alterações desejadas na página, acionar Configurações, localizado ao lado do nome de usuário, no canto superior direito da janela.
  2. Acionar Publicar Página.
  3. Na janela apresentada, inserir uma descrição para a versão da página.
  4. Acionar Publicar Página.

Ao publicar a página, uma versão dela é gerada. Posteriormente, depois da página passar por outras edições, é possível restaurar uma versão anterior à versão publicada.

Depois de publicada, a página estará disponível para ser visualizada por todos os usuários que possuem permissão de visualizá-la.

// Alterando Layouts

É possível mudar o layout de qualquer página editável no fluig, tornando a edição de páginas - e em especial a Home - mais flexível. Isso também significa que cada comunidade pode ter um layout completamente personalizado.

Podemos utilizar os layouts disponibilizados por padrão no fluig, além do desenvolvimento de layouts personalizados, o qual exigem conhecimento em desenvolvimento para sua criação.

Saiba Maisadd
// Visualização de Histórico e Restauração

No histórico da página é possível acompanhar informações sobre os layouts que já foram utilizados por ela. Se desejado, é possível restaurar uma versão antiga.

Saiba Maisadd Veja Tambémadd

# Permissões

Aqui veremos como é possível definir o permissionamento de páginas e de widgets.

// Páginas
Saiba Maisadd
// Widgets
Saiba Maisadd

# Remover Página

Para remover basta seguir os passos:

  1. Selecionar a funcionalidade Painel de Controle no menu principal.
  2. Acessar a guia WCM.
  3. Acionar a opção Minhas Páginas.
  4. Selecionar no grid de páginas aquela que será removida.
  5. Acionar Remover.

Não é possível remover páginas Pai de uma hierarquia.

Capítulo 5 - IMPORTAR E EXPORTAR PÁGINAS

Por meio deste recurso é possível exportar uma página ou um conjunto de páginas que podem ser, posteriormente importadas no fluig ou exportadas de um servidor para o outro sem a necessidade de baixar arquivos.

Com essa funcionalidade, o fluig possibilita, por exemplo, a estruturação de uma página - com widgets, segurança, layout entre outros - e a realização de testes, verificando as funcionalidades e a navegação em um ambiente fluig de testes. Posteriormente, exportando toda a estrutura do ambiente de testes, é possível replicá-la no ambiente de produção por meio da importação, o que diminui o esforço e, consequentemente, o custo, visto que não será necessário replicar tudo o que foi criado no ambiente de testes manualmente para o ambiente fluig oficial.

Para exportação, são apresentadas somente as páginas editáveis em uma estrutura no formato de árvore na qual elas podem ser assinaladas. Ao assinalar uma página filha, a página pai é automaticamente assinalada também, garantindo assim, que seja mantida a estrutura original na exportação. O mesmo ocorre ao assinalar uma página pai, suas filhas também serão assinaladas automaticamente e exportadas.

Sempre será exportada a última versão da página selecionada.

Ao realizar a importação de uma ou mais páginas, as mesmas são publicadas automaticamente logo após a importação, ou seja, já estarão visíveis aos demais usuários.

A importação e a exportação de páginas estão disponíveis apenas para o usuário administrador do fluig.

Saiba Maisadd

Capítulo 6 - PAINEL DE CONTROLE

# Guia WCM

Esta área possui recursos administrativos que permitem gerenciar as informações de portais, como controle de páginas criadas, central de componentes, temas e indexação.

// Utilitários

Recurso para atualizar as permissões definidas aos usuários após cadastrá-las na guia Gerais, item Permissões.

Saiba Maisadd
// Central de componentes

Permite gerenciar todos os componentes existentes na plataforma. É possível adicionar componentes adquiridos na fluig Store e, também, baixar componentes para personalizá-los e importá-los novamente.

Saiba Maisadd
// Tema

Permite personalizar as cores, imagens de topo, fundo, favicon e logo do portal.

// Indexação

Opção que realiza a indexação dos conteúdos publicados na plataforma para que sejam listados corretamente na pesquisa de documentos.

// Minhas páginas

É possível criar páginas personalizadas com as widgets que melhor atendem aos usuários. As páginas estarão disponíveis para visualização acionando-as no menu principal do fluig, ou através de uma URL direta para a página respeitando as permissões de autenticação definidas na criação da página.

// Importar e exportar páginas

Por meio desse recurso é possível exportar uma página ou um conjunto de páginas que, posteriormente, podem ser importadas no fluig. Isso possibilita, por exemplo, a estruturação de uma página - com widgets, segurança, layout entre outros - e a realização de testes, verificando as funcionalidades e a navegação em um ambiente fluig de testes. Posteriormente, exportando toda a estrutura do ambiente de testes, é possível replicá-la no ambiente de produção por meio da importação, o que diminui o esforço e, consequentemente, o custo, visto que não será necessário replicar tudo o que foi criado no ambiente de testes manualmente para o ambiente fluig oficial.

// Oauth App

Trata-se de um cadastro de aplicativo para integração Oauth.

// Oauth provider

Trata-se de um protocolo de autenticação para comunicação.

// Usuário Google Analytics

É possível ativar o monitoramento do servidor da plataforma com o Google Analytics, que permite obter informações precisas de uso por requisição, como quem está utilizando o servidor no momento, em tempo parcialmente real, dependendo das condições da conexão.para permitir a criação ou unificação de fluxos paralelos que ocorram no decorrer de um mesmo processo de negócio.

Capítulo 7 - CONCLUSÃO

Vimos como o WCM pode fazer a diferença dentro de uma empresa, promovendo acesso a informação de maneira fácil, personalizada e intuitiva.

Não perca tempo e comece agora mesmo a colocar em prática os conhecimentos aqui apresentados.

Se você gostou de WCM e quer aprimorar seus conhecimentos, não deixe de realizar o treinamento de Desenvolvimento de Portais WCM. Se você não possui conhecimento em desenvolvimento, mas gostaria de ingressar nesse meio, faça agora mesmo o treinamento fluig Dev .

Saiba Maisadd

# Mobile

É importante frisar que atualmente os recursos do WCM fluig não estão acessíveis no mobile. Porém estão sendo realizadas constantes evoluções no produto e por isso se faz importante o acompanhamento no link:

Saiba Maisadd

# Canais

A partir da Atualização 1.6.2, foi criada uma nova categoria de ofertas da fluig Store que permitem a obtenção e instalação de experiências personalizadas diretamente na plataforma, de forma descomplicada e quase instantânea.

Este tipo de oferta é constituída por componentes padrão da plataforma, como widgets, layouts e páginas e é disponibilizado através da nova página Itens da Store, acessível a partir da aba Gerais do Painel de Controle.

Antes de iniciar a instalação, é necessário adquirir a oferta diretamente pela fluig Store e adicionar a licença do componente ao License Server. Em seguida, para instalar o item adquirido através da página Itens da Store, basta seguir as orientações a abaixo:

Saiba Maisadd Veja Tambémadd
// Dev

// Help

// Blog